Proinvest na Mídia

Mais Conteúdo – Hélio Alterman e a Proinvest Crescendo com a Região.

Postado em 15 de dezembro de 2013 às 13:49

Em entrevista a Revista Mais Conteúdo, Hélio Alterman conta a história da imobiliária Proinvest e destaca o tratamento especial dado ao cliente vendedor e ao treinamento constante de sua equipe.

Mais Conteudo 3

Hélio Alterman, 56 anos, um dos proprietários da Imobiliária Proinvest, pode afirmar que é um dos empresários que melhor conhece a nossa região. Ariano,  ” teimoso e convicto”, trabalha por aqui a 36 anos! Começou trabalhando na Waldyr Luciano Imóveis, uma empresa tradicional do ramo imobiliário, como um “office boy de luxo”, em 1977, quando ainda era estudante de administração na faculdade Oswaldo Cruz. Fazia pesquisa de mercado. Por coincidência a imobiliária funcionava justamente no mesmo local onde hoje está a Proinvest. Caminhava pelas ruas de terra da Granja Viana, batendo de porta em porta para conversar com os moradores. Saber o que eles sonhavam para a região, se queriam asfalto, se queriam iluminação… Não tinha nada disso por aqui na época. ” Na verdade, a pesquisa era só um pretexto pra gente saber se o proprietário tinha algum amigo que gostaria de comprar um imóvel na região ou se ele mesmo tinha interesse em vender algum imóvel”, lembra.

Hélio se formou e foi crescendo na empresa até abrir a Proinvest em 1986, em sociedade com o antigo patrão (que depois optou por sair) e com o seu atual sócio Antônio Chein Massud. Hoje a Proinvest tem cerca de 100 profissionais trabalhando em suas oito unidades espalhadas pela região, do início da Raposo Tavares, no Parque dos Príncipes, km 16, até a unidade do condomínio Paysage, no km 42. A Matriz, funcionou onde hoje está o The Square, de Set/1989 a Dez 2009 e a sorte para alguns ou o destino para outros, fez a Proinvest voltar para o endereço original no Km23,333 onde funcionava a Waldir Luciana imóveis e onde Hélio iniciou sua carreira. Ainda há outras unidades no Pq. dos Príncipes, The Square, São Paulo II, Fernando Nobre, no Km 28 – mais focada em Lançamentos – uma equipe no Parque Industrial San José I, outra em Caucaia do Alto, no Km 39 e no Paysage em Vargem Grande Paulista, km 42.

Mais Conteudo 4

Comprar um imóvel na maioria das vezes é uma grande conquista, vender, em contrapartida, pode ser a solução de algum problema ou o caminho para voos altos. Na negociação entre comprar e vender, a confiança em uma grande empresa de corretores de imóveis pode fazer a diferença.

 

 

 

 

 

Para Hélio, o mercado imobiliário na região hoje vive um grande momento. Segundo ele, a região, além do atrativo ambiental ainda presente, apresenta um preço de metro quadrado muito inferior aos dos melhores bairros de São Paulo, o que atrai muitos compradores. ” Os novos corretores hoje, que estão ganhando muito dinheiro, não sabem o que é crise. Nós passamos por várias, como o plano Collor e plano Cruzado e sobrevivemos por que fomos criativos e criamos possibilidades de permuta e muitas facilidades de parcelamento para os pagamentos”, comenta. Hélio considera como principal característica de sua empresa o bom relacionamento com compradores e vendedores. ” Muito do sucesso da Proinvest é investir em corretores que são moradores da região”, afirma.

Além disso, Hélio Alterman ainda destaca como diferenciais da Proinvest, o tratamento especial que dão ao vendedor do imóvel e o treinamento constante de sua equipe de corretores em cursos. Participante do PQE (Programa Qualificação Essencial) do Secovi (Sindicato da Habitação), e como participante desde o inicio  da Rede Secovi de Imóveis, faz parceria com outras imobiliárias. Outro diferencial da empresa é a avaliação comprovada por meio de comparativos realizada pela Proinvest. ” Comprador não falta, hoje atendemos cerca de 1.400 clientes por mês, por isso é tão importante conquistar e dar um tratamento diferenciado ao vendedor”, ensina. ” Atualmente 100% da nossa publicidade anuncia apenas imóveis que são exclusividade da Proinvest e a nossa empresa é a que mais investe em propaganda, talvez mais do que todas as outras imobiliárias juntas”, conta. ” Além disso, como participamos da Rede SECOVI, quando anunciamos os nossos imóveis exclusivos, automaticamente eles já vão para mais de 50 portais”, ressalta.

De acordo com Alterman, outro nicho que tem crescido bastante no setor imobiliário é o de empreendimentos comerciais. ” Hoje, em função dos problemas no deslocamento para São Paulo e também por causa do próprio transito em São Paulo, quem tem a oportunidade de trabalhar perto de casa já procura um imóvel comercial por aqui”, comenta. ” Atualmente a região tem boas escolas, boas clinicas médicas, bons restaurantes, supermercados…”, ressalta. Além disso ele lembra que estão chegando os hotéis e provavelmente um grande hospital, que é a única coisa que ainda faltava na região, ou seja, seu mercado só vai crescer.

 

 

Compartilhe essa notícia!

Comente sobre esse assunto!